Seguidores

sábado, 9 de abril de 2016

Despertando


O tempo não espera. E os rebentos despertam em campainhas de folhas tímidas,
transformando, em breve, uma existência de sombra, num palácio de alegria.

MBarroso

10 comentários:

✿ chica disse...

Lindo e o tempo realmente não espera! bjs lindo fds! chica

Carmem Grinheiro disse...

Um palácio de alegria que preencherá de cor os dias.

bj amg

Ailime disse...

Boa tarde Manuela,
Magnifica foto e pensamento.
A primavera não tardará em todo o seu esplendor para alegrar os nossos dias.
Beijinhos e bom domingo.
Ailime

Roselia Bezerra disse...

Bom dia, querida Manuela!
Os rebentos estouram incontidos pela sede de sobrevivência...
Bjm muito fraterno

Toninho disse...

Lindo o despertar, que recria o palácio de alegrias,
que suaviza a longa espera.

Meu abraço

Graça Pires disse...

Olá Manuela! É a primavera que volta e traz com ela o renascimento de todas as coisas até mesmo da nossa alegria... A fotografia é linda.
Um beijo, minha amiga.

Ana Freire disse...

Adorando esta reflexão florida... tão bem materializada, neste palácio de alegria... que é a imagem...
Pura poesia em imagem e palavras, Manuela...
Adoro estas reflexões curtas... que sempre encerram tanto, dentro delas...
Maravilhoso trabalho, Manuela!
Beijinhos
Ana

DE-PROPOSITO disse...

O tempo não tem tempo para esperar.

Felicidades
MANUEL

Lúcia disse...

Ah!...esse despertar!
Bom dia, Manu!

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Ah!...esse despertar!!!
Bom dia, Manuela, um beijo,
da Lúcia.