Seguidores

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Arraiolos- Pousada

Nada na vida é permanente. Um dia tudo muda. Ou acaba.
Hoje não sei se acabei. Mas mudei.
Nas andanças por este Portugal pequenino (e não só) aqui vos deixo a homenagem que ele merece: mostrar um pouco da sua História nos monumentos, e  beleza nas suas paisagens!
Tão simples, tão antigo mas tão lindo! E para o confirmarem vou deixando (sem pretensiosismos porque nada sei de fotografia) em mensagem icónica, o grito com que o sufocam hoje e cada vez mais! 
O meu intuito é e será sempre levar a minha leitura através do que vejo .
 A dita poesia transformar-se-á agora em eternos louvores pelo que vejo, vivencio e aprecio!
O meu abraço de sempre para TODOS que me "virem"!
 
 
 
                                                      CLIQUE PARA AMPLIAR

 O Castelo, no alto, vigia a paisagem que dorme na beleza doce e pacífica do Alentejo,
onde  à noite o canto dos grilos se mistura ao das cigarras, embalando ainda mais
a sonolência da  Vila
 
 Aqui, continua o silêncio do Mosteiro com refrescos de árvores centenárias
que abrigam  memórias nas suas sombras

 Dentro, o mundo fica lá fora, e traz-nos a calma que acalenta e reconforta
da canícula do verão...

 ...trazendo recordações, levando recordações! Basta deixar-nos levar pela imaginação
que se prende na beleza que nos envolve...

... na vetustez e seriedade da entrada austera.

 Fora, envolvendo todo o conjunto, o chão em calçada portuguesa por onde se passeia debaixo
de sobreiros e oliveiras que nos cumprimentam juntamente com o aroma da terra.

 Assim se passam inesquecíveis férias neste Mosteiro , agora convertido nesta linda e romântica pousada em Arraiolos.
Afinal, "viver não custa, o que custa é saber viver!"

Beijo!

23 comentários:

Beatriz Bragança disse...

Querida Manelinha
A tua publicação não foi em verso,mas é totalmente poética.
As fotografias são maravilhosas! Já estive em Arraiolos,mas não vi a Vila por estes ângulos.
Obrigada por me dares outra visão de tão aprazível local.
A Pousada é magnífica e,a maneira como a descreves,ainda mais.
Continuamos a ter aqui a presença de uma poetisa em todas as suas vertentes:sejam elas a forma de fotografar ou de descrever em tão bela prosa poética.
Muitos parabéns.
Beijinhos da
Beatriz

✿ chica disse...

Deve ser linda esse pousada e com a paz, parece, garantida por lá! Lindas fotos e detalhes mostraste. Adorei ver! beijos,lindo fds! chica

Gracita disse...

Bom dia minha amada amiga
Uauuuuuu!!!! Que fotos maravilhosas!
Passear por estes lugares encantadores é energizar o corpo, a mente e o coração. Apaixonante!!!!!!
Sua amizade é um bem precioso e especial. Me traz alento, alegria e muita paz ao coração. Sua amizade me faz um bem enorme. Amo a tua amizade, viu?
Estou oferecendo o selo destaque do meu blog. Aqui http://gracitamensagens.blogspot.com.br/2013/09/cativante-falsidade.html. Será uma honra para mim se você aceitar.
Beijos com Carinho
Gracita

Nilson Barcelli disse...

Uma reportagem interessante.
As fotos são óptimas, não digas que não sabes...
Manuela, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Anne Lieri disse...

Manuela,sua terra já é uma poesia por suas belezas naturais e história,com suas poesias a adornar cada paisagem ficou maravilhosa!Bjs,

lis disse...

Oi Manu
As fotos estão arrasando_ muito bonitas_ seu olhar é poético não há erros kirida,
As imagens são as minhas poesias já que não sei escrever,ou ainda nao tive tempo de pensar nisso rsrs
Adorei Manu e fiquei fã.
beijinhos

Duarte disse...

Querida amiga, a isto é ao que se deve chamar um bom trabalho. O texto vai enlaçando com as imagens fazendo do tudo um conjunto harmónico e ilustrativo, belo. Gosto.
Boas fotos, com profundidade de campo, ademais do bom gosto
Os meus parabéns e um grande baraço

Evanir disse...

Ninguém nunca esta sozinho e nossa
luta nunca será em vão.
Eu sei , que no mundo teremos grandes aflições
com fé e muita garra vou seguindo com grande luta
minha viagem.
Uma primavera perfumada e feliz.
Deus abençoe seu Domingo
e da sua família.
Beijos no coração , Evanir
Amada fiquei feliz com seu retorno posso continuar a postar seus poemas minha flor?

Evanir disse...

Ninguém nunca esta sozinho e nossa
luta nunca será em vão.
Eu sei , que no mundo teremos grandes aflições
com fé e muita garra vou seguindo com grande luta
minha viagem.
Uma primavera perfumada e feliz.
Deus abençoe seu Domingo
e da sua família.
Beijos no coração , Evanir
Amada fiquei feliz com seu retorno posso continuar a postar seus poemas minha flor?

Maria Rodrigues disse...

Manuela uma excelente reportagem, fiquei com vontade de conhecer.
Beijinhos
Maria

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Sempre se diz que todos são capazes de fazer poesia, Manuela; não serão talvez capazes de alinhar com sabedoria métrica as palavras construindo assim um belo poema, mas, a cada canto, em cada gesto, em cada sorriso está uma letrinha doce...pequena...meiga; é só pegar nelas juntá-las com carinho e lá estará com certeza um maravilhoso versinho. Ao mostrares um pouco das belezas do nosso Portugal estás a manifestar a tua revolta com tudo o que querem fazer dele. É belo... pequenino.....pobre, mas, se quisermos não deixaremos que se afunde nesse mar turbulento em que o lançaram. Estive 4 dias ionhecendo também um cantinho nosso; cheguei Sábado à noite e vim fascinada com tanta beleza. Não sei fazer poemas, amiga, mas lá fui fazendo os meus versinhos. Obrigada, por este belo momento e parabéns pela beleza poética que aqui encontrei. Uma boa semana.
Beijinhos e até sempre.


Emília

Gracita disse...

Boa noite minha doce amiga Manuela
Vim parabenizá-la por tua brilhante entrevista. Que delícia conhecer um pouco mais da tua intimidade. Palavras apaixonantes e apaixonadas de uma escritora magistral. Parabéns mais uma vez. Meus aplausos pra ti minha querida.
Beijos com carinho e consideração
Comadre Gracita

Andre Mansim disse...

Olá Manuela!
Menina, pelo menos pelas fotos, essa pousada me passou a impressão de que a paz impera nesse lugar! Deve ser um lugar lindo para repor as energias e desestressar.
Muito legal!

leninha brandao disse...

Manu querida, viajar contigo em teus poemas fotográficos é sempre uma alegria.
Teu olhar coloca poesia e captura detalhes surpreendentes em tudo que fazes.Obrigada pelo sonho e pela beleza. Bjssssssss

A.S. disse...

Belissimas imagens Manuela, que nos fazem olhar pelo lado mais racional da vida!...

Beijo!...
AL

Pérola disse...

Que bela reportagem, tanto nas imagens como no conteúdo.

Obrigado pela partilha.

Beijos

LUZ disse...

Olá, querida Manelinha!

Fotógrafa, também?

Eu sei que "ARTE DE MÃOS" é com a menina, mas benza a Deus, TANTA, é demais, para uma só pessoa.

Dê-me, só um bocadinho a mim, ou empreste-ma, por favor.

As fotografias, ampliadas ou não, estão reais e absolutamente naturais. Até já me sinto lá, acredite.

Conheço mal o Alto Alentejo, muito próximo do "meu" Baixo, mas na próxima Primavera, pela Páscoa, estou a pensar ir até estas zonas, e aproveito, compro um tapete genuíno, mais outro.

O Mosteiro é sumptuoso, sem dúvida e eu que deliro por poisadas! Chamem-me XPTO, burguesa (habitante do burgo), e sei lá que mais, que eu não gasto energias em ler esse tipo de afirmações.

Tudo me sabe e cheira a ancestral e a medieval. Imponência, austeridade e enfim, TUDO NO SÍTIO.

Aconselho, também a Pousada de S. Francisco no centro de Beja, antigo mosteiro, do século XIII, caso não esteja enganada. Os quartos são, agora, as antigas celas dos monges. Lindas, rústicas e a impor respeito agradável e sensorial.

Portugal é um pais pequeno, mas cheio de interioridades e de História de que muito nos orgulhamos.

Dias felizes, querida amiga.

Beijinhos da Luz, mais tipo, doces conventuais. Ai, ai!

Sissym Mascarenhas disse...

Como é lindo! Como!

Obrigada por compartilhar este passeio!

Bjs

Enigmático Byjotan disse...

Maravilhoso poder ter você como nossos olhos, para retratar o belo,o magnífico, com sua magia encantadora.Olhar a vida sob ângulos certos, também é poesia.Poesia que me atrai até aquí e encanta. Mais um grande beijo do amigo leitor.:-BYJOTAN.

Sissym Mascarenhas disse...

Manuela, o seu comentário não poderia ser melhor! Eu compreendo o que diz. Vejo o mesmo acontecendo por aqui. Não vai tardar para que a "ficha" de toda a população caia de vez. Ao menos, Portugal se preocupou com infraestrutura de maneira que as cidades continuam cuidadas. Aqui, que tanto tem esnobado riqueza de um país emergente, as cidades estão abandonadas, só levam maquiagens que nem são à prova d'agua.

Beijos

AC disse...

Manuela,
As fotos, transportadas em cativante leveza pelo acerto das palavras, proporcionaram visita digna de registo. Obrigado.

Beijo :)

LUZ disse...

Bom dia, querida Manelinha!

A menina tem um coração lírico, perfeito e solidário, portanto, pas de problèmes.

Os meus poemas até fazem bem ao coração, dizem-me alguns.

Obrigada por tanta amizade e pela leitura, que faz, sempre, do que escrevo.

Bom domingo.

Se for o caso, boa votação, e em consciência.

Beijinhos da Luz,com muito apreço e estima.

Maria Emilia Moreira disse...

Pois é cara amiga! Este cantinho à beira mar tem muito que ver... Arraiolos e não só...uma maravilha para ver e permanecer. O Alentejo é lindo!
Um abraço e boa semana.
M. Emília