Seguidores

terça-feira, 9 de maio de 2017

Quis



quis abraçar o espaço
onde te escondes e
encontrei fogo nas
entranhas do teu amor

penetrei pelas espinhas
do tempo
sussurrei memórias
e na tempestade das estrelas
ouvi  o teu nome

no horizonte das águas
vi sombras semeadas
de trepadeiras encostando-se ao infinito

abracei o teu sorriso
e alegria
e fui asa por uma dia


Manuela Barroso



4 comentários:

✿ chica disse...

Maravilha,Manuela! Ser asa por um dia é demais! Linda poesia e foto! bjs, ótimo dia! Tuuuuuuuuuuuuudo de bom,chica

Gracita disse...

Que show de criatividade e imaginação Manuela
Viajei neste teu soberbo voo poético
Beijos

Ana Freire disse...

Um poema libertador... também de uma bela declaração de amor...
E a imagem... Lindíssima!!!
Palavras e imagem, formaram um todo perfeito!
Beijinhos! Bom fim de semana!
Ana

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá, na tempestade das estrelas encontrei uma encantadora imagem e poema.
Feliz fim de semana,
AG