Seguidores

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Vem


Vem poisar comigo os olhos no sol pôr.
Abraça-me as mãos e lê nas linhas as
palavras que não digo.
Sente a ternura do corpo que foge de 
encontrar a tua pele.
Aperta-me no mar do teu abraço,
confunde-me nos segredos do teu amor e
parte,
antes que se parta o nosso laço!


Manuela Barroso
Foto pessoal


6 comentários:

✿ chica disse...

Maravilhoso convite e chamado!Adorei! Desde já FELIZ NATAL! bjs praianos,chica

Duarte disse...

Laço que aperta não cede. Se é um abraço sentido, ainda menos.
Gosto do modo como manejas a metáfora, uma delicia para os sentidos.
Beijinhos, amiga minha.

Olinda Melo disse...


Tudo no silêncio de coisas por dizer mas que se adivinham.
E um certo medo de que, ao fim e ao cabo, a relação
não dê certo...

Bj

Olinda

Graça Pires disse...

Tão belo, o poema! Tão bela a fotografia!
Um beijo, Manuela.

Majo Dutra Rosado disse...

Que beleza, Manuela; uma foto deslumbrante
e um poema de terno amor...
Gostei muito, querida amiga.
Melhoras e dias felizes
~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mariazita disse...

Bom dia, Manuela
A minha visita de hoje tem apenas como finalidade desejar BOAS FESTAS.
E, para isso, nada melhor do que fazer-me acompanhar de Mahatma Gandhi (Mahatma – “A grande Alma”), e suas sábias palavras:

“Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos.
A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo afora.
Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem.
A capacidade de escolher novos rumos.
Deixaria para você, se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável:
Além do pão, o trabalho.
Além do trabalho, a acção.
E, quando tudo mais faltasse, um segredo:
O de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída."
(Gandhi)

UM SANTO E FELIZ NATAL!

Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS