Seguidores

sábado, 26 de março de 2016

Indefesas

Erguia-se , esguia num caule quase mirradopor entre outras flores ofuscando sua beleza
 que aos poucos os insetos de bocado em bocado
deste cato  pequenino iam tirando a realeza.
 
 
                                                       Manuela Barroso
   

Páscoa Feliz!

7 comentários:

Gracita disse...

Magnificamente poético!
Citação e imagens soberbas
Uma páscoa feliz e abençoada querida Manuela
Beijos

✿ chica disse...

Que maravilha,Manuela! Quero desejar uma FELIZ PÁSCOA, cheia de coisas que desejas! bjs, chica

Roselia Bezerra disse...

Boa Tarde, querida Manuela!
Que vc tenha uma Páscoa abençoada junto a seus amados!
Bjm muito fraterno

Graça Pires disse...

Tão belo o poema, tão belas as fotografias.
Um beijo, Manuela.

rosa-branca disse...

Olá amiga Manuela, bela citação e fotos maravilhosas que adorei. Beijos com carinho

José María Souza Costa disse...


Tenho uma janela por onde vara cores de momentos
E uma eterna mania de sonhar.

Ana Freire disse...

Lindíssimo!!!! O poema... e as flores... que desconheço!...
Que cacto lindo, este, que se desfaz num chuva de flores...
Beijinhos! Bom fim de semana... um nadinha antecipado, pois amanhã estarei ausente da net...
Ana