Seguidores

sábado, 3 de março de 2012

Nos lábios do vento




Nos lábios do vento
o pólen invisível
nas flores das palavras
no mel
do teu sorriso
Numa dança sem tempo
descem
deslizando
e cobrindo
de alegrias noturnas
enfeitando a  minha pele
com perfumes de carícias
embriagada de ternuras!

Manuela Barroso

Pintura-Vladimir Volegov

12 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Seja prosa ou poesia, a tua escrita é envolvente, prende o leitor da primeira à última palavra.
Gostei muito do teu poema, fiquei embriagado com as tuas palavras.
Beijo, querida amiga.

A.S. disse...

Perfeito!...:)


Um abraço Manuela!
AL

mfc disse...

Lindíssimo poema.
As tuas palavras fazem-nos sorrir pela sua naturalidade, que lhe vem da emoção e do sentimento.
Gosto de te ler assim.
Beijinhos.

Leninha disse...

Manu amada,

É isto amiga,tuas palavras tem mel e trazem sorrisos à nossa alma.
Bjsssss,
Leninha

Sandra disse...

AGRADEÇO O CARINHO DE ESTAR COMIGO NO BLOG.É UM PRAZER TE RECEBER POR LÁ. OBRIGADA PELA VISITA.
"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis,
coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".
(Fernando Pessoa)

CARINHOSAMENTE,
SANDRA

Aleatoriamente disse...

Manu, não cansam os meus olhos de ti ler, nem meu coração de se encantar.

Beijokas amada

selma disse...

Amiga,Meu amiguinho Tigre(beagle) está participando do concurso Esconde esconde no blog da Kika,preciso de seu votinho a fotinha dele é a do NÚMERO 47 e este é o link :
http://kikaeassuasideias.blogspot.com/
Muito grata!Beijos de luz

✿ chica disse...

Sempre maravilhosos teus poemas,Manuela!Linda semana,beijos,tudo de bom,chica

lis disse...

Adoro essas mulheres lânguidas, assim dorminhocas e Vladimnir Volegov me enche os olhos, sempre procuro a galeria dele e comparo suas mulheres com minha gata que também é deliciosamente preguiçosa.
Ando querendo também essa dança Manu
que tenha perfume de carícias e muita muita ternura! rs
Voce primeiro me delicia com gostinho de bolo e depois me embriaga com o pólen dos seus versos,
Obrigada
fica o abraço

rosa-branca disse...

Olá amiga, fiquei docemente enleada no seu poema tão belo. Amei. Beijos com carinho

selma disse...

Amiga,viva intensamente este dia,
Sinta o aroma dos mais variados prefumes,
Muitas flores coloridas para você
Neste dia especial
Parabéns...
Tem mimo para você...
Beijos de luz
http://mariaselmadr.blogspot.com

Beatriz Bragança disse...

Querida Manelinha
Belíssima imagem, que se deixa afagar pelos «lábios do vento»!
E como, no teu dizer tão poético, um sorriso pode trazer a alguém tanta ternura!
Mais uma pérola de poesia feita!
Gostei tanto!
Um beijinho
Beatriz